A PERGUNTA CONTINUA: O FLUMINENSE (OU ALGUÉM) SEGURA O PALMEIRAS?

O Brasileirão Assaí está sob controle para o Palmeiras. Ao menos até nova ordem. Os 8 pontos de vantagem na liderança representam uma certa tranquilidade à essa altura do campeonato. Claro, tudo isso é fruto do excelente trabalho de quem está no topo da tabela desde a 10ª rodada. Mas talvez as coisas comecem a mudar neste sábado, quando um novo desafiante ao título, o Fluminense, se coloca no caminho em jogaço no Maracanã às 19h (de Brasília).

A diferença dá ao Palmeiras o luxo de permanecer líder mesmo perdendo o confronto direto. Aliás, o Verdão poderia até mesmo perder para o Bragantino na rodada seguinte que ainda assim não perderia o seu posto. E é difícil acreditar que as coisas possam virar de tal maneira, uma vez que só perdeu duas vezes em todo o Brasileirão Assaí até agora.

Curiosamente, o Palmeiras enfrentará o vice-líder pela segunda rodada consecutiva. Depois do Flamengo, o Fluminense é o adversário da vez, mais próximo da tabela. O mesmo já aconteceu anteriormente com o Atlético-MG (9ª rodada) e Corinthians (21ª).

Os vices se alternam. O líder, não.

Ainda que tenha muito campeonato pela frente, a regularidade do time de Abel Ferreira na soma de pontos a cada rodada nos leva a acreditar que precisará acontecer algo muito fora da curva.

Mas esse Fluminense é, mesmo, fora da curva.

Mesmo com um elenco mais curto e orçamento menor que seus adversários, o Tricolor faz excelente campanha, também ilustrada na semifinal da Copa do Brasil. E não há cansaço que pareça fazer Fernando Diniz desistir dessa disputa.

Por isso, vencer no sábado e encurtar a diferença para cinco pontos teria também um efeito psicológico importante em meio ao cansaço da maratona de jogos.

Depois de cair na Libertadores precocemente e também da Sul-Americana, o Fluminense conseguiu atingir ótimo nível sob o comando de Diniz. Germán Cano, que já se destacava com Abel Braga, subiu de produção junto do resto do time e é o artilheiro do Brasileirão Assaí com 13 gols.

O Flu está entre os 6 primeiros desde a 13ª rodada. Está no G4 desde a 18ª, passou três rodadas em terceiro, caiu para quarto, mas, graças aos tropeços de Flamengo e Corinthians, chegou à vice-liderança. Esta é a melhor colocação do Fluminense no Brasileirão Assaí, e mantê-la não será das tarefas mais simples, sobretudo diante desse Palmeiras.

Dono do segundo melhor ataque da competição, justamente 1 gol atrás de Palmeiras e Flamengo, o Fluminense vai precisar de muita concentração para bater o líder, que é o melhor visitante e está invicto fora de casa.

Como mandante, o Flu só perdeu 3 vezes para Internacional, Flamengo e Atlético-GO. É o segundo melhor anfitrião em pontos somados. E, se o Palmeiras terá jogo duro depois do duelo (o Athletico Paranaense pela semifinal da Libertadores), o Flu chegará tendo feito um jogo duro antes, contra o Corinthians na semifinal da Copa do Brasil.

Será mais uma final antecipada num campeonato cheio de emoções. Jogaço para ninguém botar defeito.